outubro de 2018 | Edição 712
clique p/ampliar
Soluções químicas em vez de mecânicas
“Carros mais leves são hoje de 10% a 15% menos poluentes, graças a seu menor consumo de combustível e de menores emissões de poluentes”, diz Murilo Brotherhood, diretor de Adesivos para Transporte da Henkel. “Em média, um carro modelo hatch contém 17 kg de adesivos”.

Um exemplo do uso desse material (poliuretano) é a adesivação do parabrisa à carroçaria, substituindo peças de borracha e hastes metálicas. Já em portas e outras grandes superfícies de chapa de aço, em vez de usar uma chapa metálica mais espessa, basta uma base epóxi em pontos específicos.

É o caso do adesivo Hensen Teroson RB 23100 de base butílica que substitui a manta de betumen, oriunda do petróleo, aplicada na parte interna da carroçaria como um primer protetor no processo pré-pintura.