março de 2019 | Edição 716
clique p/ampliar
Menos enxofre para marítimos
No próximo ano, a Organização Marítima Internacional (IMO) implementará uma nova regra global de 0,50% máximos de enxofre em combustíveis marítimos – e a indústria está preocupada.

O combustível de baixo enxofre é bem mais caro do que os atualmente em uso. O iate Silent 80 pode atingir velocidades de 18 nós (20 milhas por hora), mas se a velocidade for mantida abaixo dos 7 nós, ele funcionará de acordo com seu nome: silencioso.

Entre outros tipos de poluição, porém, o de ruídos está se tornando cada vez mais problemático. Diz a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica Americana que:
Níveis cada vez mais altos de ruídos impactam animais e ecossistemas oceânicos. Esses níveis mais altos podem reduzir a capacidade dos animais de se comunicar com outros indivíduos de sua espécie e de perceber dicas ambientais básicas para sua sobrevivência, evitando predadores, encontrando comida e navegando por ambientes de sua preferência.

Até o momento, quatro iates Silent 80 foram vendidos, com entrega prevista em 2020. Devido porém ao custo cada vez mais alto e à forte demanda por transporte verde, a tecnologia da companhia provavelmente se espalhará a outros negócios.